La Chica Mor: Priscilla Barreto

Follow this blog with bloglovin

Follow on Bloglovin

Facebook

Seguidores

Arquivo



Essa tal de "barriga negativa"




Há bastante tempo venho pensando em ter um espaço aqui no blog para gente refletir sobre alguns assuntos.
No momento em que penso sobre qual o primeiro tema da nossa coluna, um deles logo saltou a minha mente.

 Essa tal de  "barriga negativa".

Há algum tempo essa curiosa expressão vem sendo usada para designar um abdômen muito além do sarado (perigosamente magro) e exposto em centenas de "ego cliques" de redes sociais. 



Reza lenda, que as tais "barriguinhas" começaram a ser compartilhadas mundo a fora quando a Angel Candice Swanepoel  resolveu postar no instagram a foto do seu "ab chapado". Pronto este foi um start para um reboliço de meninas  correrem para as academias e começarem a perseguir a "barriga negativa".

Não demorou muito para essa "moda" vir direto da gringa para milhares de blogs, instagra, logo muitas meninas que adotaram esse estilo de vida, por vezes perigoso se tornaram "exemplos" a serem seguidos. 


Essa semana o assunto rondou os maiores jornais portais do pais, inclusive foi publicada uma grande matéria no YOUPIX, seguindo essa linha, a Elle Brasil também publicou um artigo polêmico sobre jejum e magreza.



 Enquanto preparava esse texto, fiquei curiosa e fui pesquisar mais sobre o assunto  e juro, tomei um susto. 
Bastou um clique no Google para me deparar com milhares de imagens de barrigas dos sonhos (daquelas que fazem a gente querer ir para a academia A-GO-RA), uma lista imensa de remédios "milagrosos", dietas desde mais conhecidas, as mais restritivas, dicas,"treinos", remédios, aparelhos e muitas outras coisas que prometem ajudar na eliminação total da temida "gordurinha".

O que mais me chocou não foi a quantidade de informação, mas sim o depoimento de algumas meninas, muitas delas ainda, bem novinhas. Elas  declaravam ficar dias, até semanas sem comer, a base de remédios e treinamentos pesados tudo em prol do tal projeto #barrigazero. 

O excesso de gordura não é saudável, principalmente localizado na região abdominal, ele pode ser sinal de problemas de saúde, mas práticas obsessivas também estão longo do ideal. 
Não seria então o caso de se perguntar qual a real intenção de tanto exagero e exposição? Nosso corpo é nossa sustentação, nossa saúde, e cada um de nós veio a esse mundo com um biótipo diferente(ainda bem!). 



Lógico que inventivos sem sempre bem vindos, e muitos desses projetos que tem surgido até tem uma proposta bem interessante, mas será que ao o segredo esta em menos malhação, e mais reflexão?

Como a maioria de vocês, que estão lendo este texto tenho total consciência que uma vida saudável é importante, mas por outro lado a vida corrida e os milhares de compromissos, impedem de termos uma dieta adequada, ou fazermos um exercícios físicos como deveriamos. Estamos longe de seremos "Gisele´s, Sabrinas ou Candices, mas nos esforçamos, e queremos um corpo bonito sem perder a saúde.
  
Na dúvida eu ainda prefiro o meio termo: alimentação balanceada, estilo de vida e força de vontade. Pequenas atitudes no dia a dia, fazem sim a maior diferença.

 Ah! E um médico especializado, é o melhor aliado na luta pelo bem estar.

Melhor do que muitas das receitas  "instantâneas"que vemos por ai. 


Xoxo

Pris 

7 comentários:

  1. Acho que o mais importante é o equilíbrio: a gente tem que fazer exercícios e comer direitinho que a gente consegue uma barriguinha linda (aliás, prefiro uma barriguinha sarada a essa barriga zero...), nada de fazer loucuras... :D

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. E o sonho de toda mulher né!! rs
    Bjuus

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que é exagero não é saudável!! Pronto, agora vou na academia fazer o meu treino normal :)

    http://hiimab.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Essa barriga negativa é pra quem é muito magra, não para quem malha ou faz academia, já que ao malhar o músculo fica mais aparente. Eu gosto do meio termo não tão magra e nem tão musculosa :)
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
  5. amei o post! Também sou a favor de uma alimentação natural e saudável, mas dietas, não!

    ResponderExcluir
  6. Aplausos para este post que despierta conciencia! Las mujeres llevan obesiones absurdas en su cabeza, que luego derivan en problemas muy severos :S
    besote Pri!

    ResponderExcluir