La Chica Mor: Priscilla Barreto

Follow this blog with bloglovin

Follow on Bloglovin

Facebook

Seguidores

Arquivo



O que é ser uma mulher bem resolvida?




Semana passada falei para vocês que estava me questionando sobre uma série de coisas. E uma delas é sobre nós mulheres.... Especialmente sobre o que é ser uma mulher bem resolvida. Onde elas estão? Quem são? Onde vivem? 

Quando eu era bem mais nova ouvi da minha vó, e depois da minha mãe a tal frase: "Fulana é diferente, ela é muito bem resolvida". Desde pequena então, essa frase me chamou à atenção e confesso passei anos e anos tentando definir quem seria esse ser bem resolvido. 

Obvio que naquela época eu era muito pequena (ou não) para entender qualquer coisa sobre empoderamento feminino. 
 Os anos passaram, e foi vivendo, observando bastante e refletindo que hoje consigo entender o que é ser aquela mulher “bem resolvida” e compreender quais eram as atitudes que lhe davam esse empoderamento

Uma mulher bem resolvida sabe o que quer (e também o que não quer).
Sabe para onde vai e o que precisa fazer para chegar até lá.  
Ela sabe que muitas vezes nem sempre tudo sai como planejado, mas levanta da à volta por cima e com humor e criatividade continua na estrada e sabe que isso faz parte do amadurecimento de cada um.
Ela não tem medo de dizer o que pensa.
Sabe lutar pelos seus direitos.
Ela tem atitude! E se vira em mil: como amiga mulher profissional e mãe.
Ela não aceita nada menos daquilo que acredita que merece.
Mas acima de tudo, ela sabe que não existe nenhuma fórmula mágica para atingir a perfeição, e quer saber? Ela não busca nada disso!  Ela é apenas uma mulher como todas as outras.Tem dias de risadas que fazem a barriga doer, mas ela também tem seus dias de TPM e choro. As vezes quer cair na balada e curtir até cansar, mas também sabe o valor de uma cama quentinha, de um travesseiro confortável e curte muito bem a sua própria companhia. 
Acima de tudo ela tem dentro de si a uma luz que a faz única. Essa "tal mulher bem resolvida" sabe que existe uma sociedade ainda machista, mas ela faz de tudo para não ser controlada por padrões de beleza, padrões de conduta, nem por qualquer outro padrão! 
Sabe por quê? Porque sabe como ninguém o valor de si mesma e o que a faz tão especial.
E vou contar um segredinho: Se alguma vez ela se perder diante de tantos altos e baixos da vida ela sempre sabe onde vai saber onde encontrar o refugio mais seguro: Nela mesma. 

Hoje posso falar com toda certeza para vocês. Estou longe da perfeição (se é que ela realmente existe...),e sim também já quis seguir padrões e me senti sufocada por eles, mas estou aqui: firme apesar dos tropeços, tenho sonhos, projetos, tenho pessoas queridas ao meu redor que me ensinam e aquentam todos os dias rs!
 Meu desejo é que as mulheres descubram suas essências e sua individualidades aprendam a se amar e se aceitar para serem superpoderosas e bem resolvidas, não para qualquer pessoa, mas para elas mesmas!




 Em uma semana que começou tão triste dedico este post as todas as super mulheres  que neste momento estão em Paris.... em Mariana e no mundo inteiro.



Besos,



Pris

8 comentários:

  1. Adorei o texto. É bem isso: não aceita menos do que acha que merece.
    Beijoos
    www.blogandocomadeni.com.br

    ResponderExcluir
  2. Tá difícil me sentir assim... acho que já fui mais segura, mas atualmente não estou nem um pouco nessa vibe.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Falo o que penso sim e acho que sei o que quero. Será que sou bem resolvida?
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Aplausos para esse post lindo Pris!!!

    ResponderExcluir